Propostas do 11º CNP terão votação online inédita

 

Image
Reunião GT CNP e Gerência de Tecnologia da Informação
Representantes do GT de Apoio à Comissão do CNP definem passos para a informatização do processo de votação de propostas no CNP

Brasília, 5 de maio de 2022.


O 11º Congresso Nacional de Profissionais – CNP já está marcado na história do Sistema Confea/Crea e Mútua como o primeiro sem o tradicional sistema de votação das propostas. De 6 a 8 de outubro, em Goiânia, será possível votar online por um sistema eletrônico pela internet, acessível de forma controlada para os profissionais, conselheiros e representantes de entidades habilitados. É o que começou a ser definido na tarde desta quarta (4/5) em uma reunião operacional do Grupo Técnico de Apoio ao evento com representantes da superintendência de Estratégia e Gestão (SEG) e da gerência de Tecnologia de Informação (GTI) do Confea.

“Haverá um controle de acesso, permitindo o voto apenas para os delegados previamente habilitados presentes ao evento. A votação pela internet poderá ser feita pelo celular ou totens disponíveis”, diz o superintendente de Estratégia e Gestão, Renato Barros. Ele informa que todo o desenvolvimento e operacionalização serão conduzidos pelo Confea, por meio da Superintendência e da GTI.
 

Coordenador do GT, Renato Muzzolon Júnior



Para o coordenador do GT e da Comissão Organizadora do CNP, eng. amb. Renato Muzzolon Júnior, a iniciativa representa um momento histórico para o Sistema. “No fórum que reúne a massa crítica do Sistema, finalmente poderemos legitimar devidamente essa representatividade por meio da tecnologia que nos é tão próxima. Um grande passo para facilitar a dinâmica do CNP, valorizando a democracia, a tecnologia e a transparência entre todos os envolvidos”, descreve, apontando que os votos ficarão registrados e identificados. 


“O principal ganho é pensarmos em poder debater mais propostas com maior transparência e efetividade, discutindo o Sistema para fora, dentro dos três eixos temáticos do CNP (inovação tecnológica, infraestrutura e atuação profissional). Vamos sair da votação arcaica das propostas, por meio dessa interatividade e de um controle maior dos participantes na votação”, ressalta Muzzolon Júnior, informando ainda que a experiência conduzida pelo Crea-SP durante o Congresso Estadual de Profissionais de 2019 estimulou a iniciativa para este Congresso, cujo tema geral será “Desenvolvimento nacional com implementação de políticas públicas para a Engenharia, Agronomia e Geociências”.
 

Superintendente Renato Barros
Superintendente de Estratégia e Gestão do Confea, Renato Barros


Mais avanços

Segundo Renato Barros, o sistema de informatização será trabalhado pelo Confea a partir do segundo semestre. “O que vamos trabalhar de imediato são os sistemas de cadastramento de propostas e o de delegação pela internet, outros avanços que estaremos dinamizando internamente a partir deste CNP”, descreve o superintendente de Estratégia e Gestão. “Vamos fazer adequações nesses cadastros de delegados e propostas, com um novo formulário e outras melhorias”. 

Já Renato Muzzolon Júnior destaca que a proposta se enquadra na aderência do Confea à Estratégia Federal de Desenvolvimento (EFD) e aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030). “Essa informatização do CNP vai nos auxiliar na votação das discussões. Não tínhamos controle dos delegados. Agora, com esse sistema, vamos ter um controle maior da atuação de cada delegado com ainda mais transparência”.

A reunião contou ainda com as participações do gerente de Tecnologia da Informação, Rodrigo Borges; os assessores da presidência do Confea, Simone Baía e Maycon Souza; a analista do Setor de Documentação Marina Garcia, o assessor parlamentar Guilherme Cardozo e o assessor da GTI Fernando Batista. 

Henrique Nunes
Equipe de Comunicação do Confea

Fotos: Marck Castro/Confea