CNP: 54 propostas rumam a Brasília

 

Na tarde de sábado (3), os delegados do 9º Congresso Nacional de Profissionais (CNP) estiveram reunidos para debater as 17 propostas que não obtiveram consenso em pelo menos seis dos oito Grupos de Trabalhos (GTs), durante os dois dias de debate. Dessas 17, 5 foram aprovadas pelo plenário e vão se somar às demais 49 aprovadas automaticamente pelos GTs, ou seja, o resultado final da primeira fase do CNP é de 54 proposições, que nos próximos meses serão submetidas a oitivas nos Creas. Veja os resultados detalhados:

 

Total

Quais propostas

Aprovadas automaticamente

49

1, 2, 3, 11, 13, 14, 17, 19, 22, 23, 24, 25, 26, 27, 28, 29, 30, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38, 41, 42, 44, 45, 46, 51, 52, 53, 54, 56, 57, 58, 61, 63, 64, 65, 66, 67, 68, 71, 74, 77, 78, 80, 82.
Rejeitadas automaticamente

17

4, 5, 6, 15, 16, 18, 20, 21, 39, 43, 48, 49, 60, 69, 72, 73,  83
Aprovadas em Plenário

5

8, 10, 12, 62, 76
Rejeitadas em plenário

12

7, 9, 31, 40, 47, 50, 55, 59, 70, 75, 79, 81

Entre as aprovadas em Plenário, esteve a criação, no âmbito do Confea, da Comissão Permanente de Tecnologia. Veja o teor de cada proposta

Superada a primeira etapa, os textos aprovadas seguirão para os Creas, que providenciarão oitivas estaduais, cujas contribuições serão encaminhadas à Comissão Nacional para sistematização, conforme estabelece o regimento interno – aprovado na plenária inicial do CNP, na manhã de ontem (2/9). Na sequência, o consolidado será repassado aos delegados e convidados para, assim, ser realizada a segunda etapa do CNP, programada para 1º e 2 de dezembro, em Brasília.

MAIS FOTOS NO FACEBOOK DO CONFEA

9º Congresso

Esta edição do CNP tem como tema central “O Sistema Confea/Crea e Mútua em defesa da Engenharia e da Agronomia Brasileiras”, além dos eixos temáticos: Defesa e fortalecimento da Engenharia e da Agronomia junto à sociedade; Tecnologia e inovação; e Carreira e prerrogativas da Engenharia e da Agronomia. Da 1ª etapa, 774 profissionais de todo o Brasil participaram dos debates, sendo 594 delegados – com direito a voto – e 180 convidados – com direito a voz. A Mesa Diretora dos Trabalhos (MDT) do Plenário foi coordenada pelo presidente do Confea, José Tadeu da Silva, e pelo conselheiro federal William Barbosa. A primeira atividade do Congresso foi eleger os secretários e relatores da Mesa: Humberto Dalber, do Rio Grande do Sul (1º secretário); Catarina Luiza, do Rio de Janeiro (2ª secretária); Suzi Moreno, de Tocantins (1ª relatora); e Cássio, do Espírito Santo (2ª relator).

Acesse www.cnp.org.br para acompanhar os trabalhos do Congresso.

Beatriz Leal, Fernanda Pimentel, Julianna Curado, Maria Helena de Carvalho
Equipe de Comunicação do 9º CNP